SEJA UM DOADOR

ESSA CRENÇA ESTÁ TE LIMITANDO!

Uma mensagem de amor para você que odeia atividade física


Olá, pessoal!


Aqui é o Coach Brau, com mais uma dica de treino. E você, meu amigo, minha amiga, odeia atividade física? Se você odeia, então, caiu no lugar certo. Eu não odeio atividade física, afinal escolhi como meu trabalho, ensinar pessoas a educarem seu corpo, e acreditando na teoria de educar pelo exemplo, tento ser uma fonte de inspiração para meus alunos. Mas, entendo quem odeie.


Se você não gosta de atividade física, provavelmente é porque teve alguma frustração com a prática que tentou realizar, ou por falta de incentivo e exemplos quando era mais novo.


Mas, não fique frustrado.


A maioria das pessoas que não gostam de praticar atividade física já teve alguma experiência ruim também. Mas a boa notícia é que toda atividade que for praticada da maneira ideal dá resultado.


As vezes sua frustração é com a musculação, com a corrida, com a hidro, natação ou futebol, mas existem outras práticas de movimento que podem trazer enormes benefícios para sua saúde.


Resolva o seu mal entendido com a atividade física.

Por isso, se você detesta alguma atividade física, esse pode ser o motivo de você não praticar nenhuma outra, uma crença limitante que na verdade não passou de um mal entendido, sendo que esse problema nem foi entre você e a prática. Mas, com quem lhe apresentou de uma maneira errada, ou melhor dizendo, pouco motivante. E eu estou aqui para lhe mostrar que praticar movimentos, pode ser bem divertido e essencial para sua qualidade de vida.


Mantenha um bom relacionamento com a prática que escolher.

Quando você começa a praticar da maneira certa, passa a desenvolver um relacionamento com aquela atividade. Como se fosse uma pessoa nova e você está conhecendo e tem diversas qualidades.

Nos últimos anos aprendi alguns novos esportes, como SUP, Kitesurf, canoa havaiana e mantenho uma boa relação com eles até hoje. Quando eu escuto alguém falando sobre esses esportes me dá uma sensação boa. Tive bons professores, que souberam transmitir seu conhecimento e experiência com essas atividades. E você também pode desenvolver essa relação com um método bom de aprendizado.

Você vai ver que não é difícil aprender a se movimentar, quando a jornada é divertida. Leva algum tempo, mas você aprende. Além disso, tem um outro motivo para você gostar de treinar.


Metáfora do Brau

Uma metáfora que costumo contar para meus alunos é a seguinte: quer conhecer uma pessoa? Convide essa pessoa para um treino. A forma como você se comporta em uma sessão de treino, diz muito sobre você. Se você é aquela pessoa que nunca tem tempo para treinar, o mesmo acontece no seu dia a dia, quando te convidam para um almoço e você diz que não tem tempo, ou então quando tem a última série da atividade e você procrastina, falando que está cansado demais, é a mesma desculpa que dá quando seu filho te chama para brincar quando você chega em casa e diz que está cansado demais para dedicar alguns minutos com ele.


Somos energia em um corpo em movimento, que quanto melhor se movimenta, melhor energia contém.


E nem é o caso de se tornar um atleta. Aprendendo e praticando o básico de algum esporte ou alguma atividade física que te encante, com constância nessa prática, você já adquire os benefícios que um corpo em movimento pode ter. Quando pensamos em melhorar nossa capacidade de se movimentar, vemos que existe um repertório muito maior, muito mais interessante do que apenas pensar em emagrecer e ter um corpo dentro dos falsos padrões da sociedade e você acha o máximo.

De repente, você desenvolve uma relação mais íntima com o próprio corpo e passa a gostar de se movimentar, vê uma beleza que antes parecia não estar à vista.


Mensagem final: tudo que você precisa é de um bom método e relacionamento saudável com a atividade que se determinar a praticar. A partir daí você vai começar a lembrar da época que odiava, e da época em que descobriu a porta da esperança.


Enfim, quando tudo ficou mais fácil, mais leve, mais belo.


Com amor, Coach Brau.

16 visualizações